sexta-feira, 23 de março de 2012

Aula sobre Cadeia alimentar com a música de Chico Anysio

Hoje perdemos nosso querido humorista Chico Anysio. Ator, autor de romances, contos e peças de teatro, pintor,cantor, criador de mais de 200 personagens ele era muito mais que um humorista era uma pessoa de muitos talentos.Para homenageá-lo resolvi postar uma aula que planejei ano passado, nela utilizei uma música do Chico do disco Baiano e os novos Caetanos uma sátiras aos novos baianos.

A letra dessa música é uma critica a situação econômica em que o Brasil se encontrava na década de 70, porém de uma forma inteligente ele conseguiu enganar a censura que existia devida a ditadura e a música foi para as rádios e tv.
Minha mãe possui o disco em boa conservação, e eu sempre utilizo nas aulas de ciências quando trabalho cadeia alimentar com alunos menores, com alunos maiores pode se discutir a fundo sobre a questão social da época e como está hoje .



Cadeia alimentar

Iniciar a aula com a pergunta:

Qual é seu alimento preferido?

Nesse momento esclarecer que são alimentos saudáveis, e não docinhos e salgadinhos.
Registar as respostas no quadro e questionar as origens (animal, vegetal) de alguns.

Oral
A todo momento os seres vivos estão se relacionando. Se tivermos a oportunidade de observar, mesmo que seja por pouco tempo, os seres vivos que estão em um jardim ou em uma praça, teremos mais clareza do que ocorre: um gafanhoto pousa em uma folha em busca de alimento, mas a qualquer momento pode chegar um pássaro que também verá no gafanhoto uma opção para seu almoço... Daqui a pouco aparece um gato, que, como você sabe, pode transformar o pássaro em sua refeição e assim se dá o ciclo da vida....

Mostrar algumas cadeias alimentares

Entregar a gravura para os alunos fixarem em seus cadernos.
Registro no caderno.

Todos os seres vivos precisam se alimentar...
Uma das principais características dos seres vivos é a necessidade de alimento e a fonte de alimentação da grande maioria dos seres vivos é outro ser vivo. Somente as plantas conseguem fugir dessa regra, pois elas conseguem produzir seu próprio alimento utilizando os nutrientes do solo e a energia da luz do sol. Este processo que a planta realiza chama-se fotossíntese.

Colocar a música dos Baianos e novos caetanos O URUBU ESTAVA COM RAIVA DO BOI que conta a história de um urubu faminto que não tem alimento porque outros animais não morrem.

"Legal... me amarro nesse som, tá sabendo?
O medo, a angústia, o sufoco, a neurose, a poluição
Os juros, o fim... nada de novo.
A gente de novo só tem os sete pecados industriais.
Diga Paulinho, diga...
Eu vou contigo Paulinho, diga" 

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação
O mosquito é engolido pelo sapo
O sapo a cobra lhe devora
Mas o urubu não pode devorar o boi:
Todo dia chora, todo dia chora.
Mas o urubu não pode devorar o boi:
Todo dia chora, todo dia chora.

"O norte, a morte, a falta de sorte...
Eu tô vivo, tá sabendo?
Vivo sem norte, vivo sem sorte, eu vivo...
Eu vivo, Paulinho.
Aí a gente encontra um cabra na rua e pergunta: 'Tudo bem?'
E ele diz pá gente: 'Tudo bem!'
Não é um barato, Paulinho?
É um barato..."

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação
Gavião quer engolir a socó
Socó pega o peixe e dá o fora
Mas o urubu não pode devorar o boi
Todo dia chora, todo dia chora
Mas o urubu não pode devorar o boi
Todo dia chora, todo dia chora

"Nada a dizer... nada... ou quase nada...
O que tem é a fazer: tudo... ou quase tudo...
O homem, a obra divina...
Na rua, a obra do homem...
Cheiro de gás, o asfalto fervendo, o suor batendo
O suor batendo "

Cantar com os alunos a música e conversar. 
Realizar atividades de interpretação da letra. Logo após, solicitar que observem sobre quem se alimenta de quem na letra.
Fazer, oralmente e de forma coletiva, a cadeia alimentar que se apresenta na música. Registrar no quadro e solicitar que transcrevam em seus cadernos.

Como já citei pode se planejar uma aula maravilhosa sobre a crítica social inserida na música com alunos maiores.

Adeus Chico Anysio, defensor de salários dignos aos professores.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?Fique a vontade, seu comentário pode fazer a diferença.Comentários com insultos serão excluídos.

Postar um comentário