sábado, 30 de outubro de 2010

Iniciar a aula contando a história de LÚCIA JÁ VOU INDO de Maria Lúcia Penteado. Utilizar o note book e visualizador do Windows para mostrar as imagens da história. Após terminar a história, fazer o reconto com auxílio dos alunos. Utilizar questionamentos para promover a participação de todos. 

Oral:

Vocês conhecem o que é uma lesma?
Descrevam como ela é?

Nesse momento, se alguma criança deixar transparecer nojo ou mesmo fazer comentários que é um animal nojento lançar seguintes perguntas:

Quem tem uma lesma de estimação?
Por que não tem?
Qual a diferença de ter uma lesma com outro animal?
 

Deixar que os alunos falem livremente sobre suas opiniões, para somente depois falar sobre a lesma.Utilizar um trecho do texto  Qual a diferença entre lesma, caramujo e caracol?da revista on line MUNDO ESTRANHO para explicar sobre a parte da anatomia do animal(http://mundoestranho.abril.com.br/mundoanimal/pergunta_303015.shtml).

No momento de falar sobre os tentáculos deixar um desenho fixado no quadro ou utilizar fotos de lesmas.




Texto
BELEZA INTERIOR
O CORPO DAS
LESMAS TERRESTRES TEM TRÊS PARTES PRINCIPAIS: CABEÇA, PÉ E MASSA VISCERAL, QUE É RECOBERTA POR UMA ESPÉCIE DE PELE, O MANTO. DA CABEÇA SAEM QUATRO TENTÁCULOS, TODOS RETRÁTEIS: DOIS SÃO A BASE DOS OLHOS E DOIS SÃO USADOS PARA O TATO E O OLFATO.

Nós seres humanos usamos quais partes do corpo para esses sentidos: tato e olfato?
O que é o sentido tato?Para que utilizamos?

Não dar a resposta caso não saibam. Deixar que o alunos reflitam por alguns momentos ou dar pistas para cheguem até ela.
Para fixar o conteúdo, entregar uma folha com atividades de interpretação do conteúdo explicado, parte científica.Realizar a leitura das atividades ,esplicar e deixar que tentem realizar individualmente.

Entregar o texto da lesma para colocar no caderno de leitura.

Atividade

1-AS LESMAS TEM QUANTOS TENTÁCULOS?_______
2-PINTE ESSA QUANTIDADE.












3-PARA QUE SERVEM______________________________________
4-NÓS ,SERES HUMANOS, USAMOS QUAL PARTE DO CORPO PARA PERCEBER AS COISAS?
(   )NARIZ        (   ) OLHOS    (   )BOCA          (    )MÃOS
5-OS TENTÁTULOS SÃO RETRÁTEIS. VOCÊ SABE O QUE ISSO SIGNIFICA?

6-DESENHE AS SUAS MÃOS ABAIXO:







QUANTOS DEDOS VOCÊ TEM?_______________














QUANTAS MÃOS?__________________________
    Modelagem de uma lesma com massinha.

As lesmas ficaram lindinhas!

Essa aula precisou de dois dias para ser finalizada.Meus alunos que apresentam dificuldades não conseguiram fazer todas as atividades.


tchauzinho

Pra se pensar em véspera de eleição

video
"Eu vi .Você,veja...Eu já vi,parei de ver .Voltei a ver,e acho que o Neymar e o Ganso têm essa capacidade  de fazer a gente olhar."

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Análise do texto" Há hora para tudo"

Estou ficando caduca!Não é que eu esqueci da análise do texto Há hora para tudo.Lá vai ele!


Análise linguística

Revisar as famílias silábicas do f,t,d,n,r no quadro citando palavras que iniciem ou tenham ela no meio ou no fim.

Registrar no caderno do seguinte modo:
F
FA FE FI FO FU
FAZER
Coloquei um exemplo ,os alunos deverão registrar todas as palavras encontradas no texto. 

 Na família do h, circular no texto colado no caderno.Fazer a leitura das palavras.
 
Observe e procure no texto a palavra com maior quantidade de letras.
Quantas palavras têm no texto?

Solicitar que aos alunos registrem o número e sua escrita.
Finalizar a aula com atividade das famílias do r(folha com desenhos de objetos que inicie com r).Me desculpem.... eu procurei em todas as minhas pastas e não consegui encontrar essa atividade.Mas era um desenho de uma casa de um ratinho com vários objetos .

As atividades parecem bem simples,mas para os alunos elas são complexas .A minha turma só fez essas atividades a tarde toda.Foi demorado porque tive que passar em cada carteira para dar um auxílio individual.

domingo, 24 de outubro de 2010

Sugestão de uniformes para professores

Nada podemos fazer,  a ser nos defender!
Minha sugestão para uniformes dos professores.
Obs:Se a moda do bombom pega ,os próximos seremos nós.Nada de aceitar balinha,chiclete ou chocolatinho sem passar pelas mãos do perito.Esse tipo de coisa armadura não resolve.

Minha Deusa estamos perdidos!!!!
Tchauzinho

Violência nas escolas

Um dos assuntos comentados nessa semana que passou, foi o episódio do menino que comeu o bombom envenenado em Campo Largo.
 O programa da Band passou uma matéria sobre o caso, mas como sempre o Datena fez aqueles comentários como se a culpa fosse da escola "O QUE ESTÁ ACONTECENDO NAS ESCOLAS????".
A escola é só reflexo da  comunidade em que está localizada.Se as pessoas que residem nesse local são violentas  ,utilizam ou vendem algum tipo droga  ,a escola vai ter graves problemas de violência entre os alunos,dificuldades imensas de aprendizagem,índice de repetência e falta de assiduidade.Então ,se o mundo tá um caos,com pessoas não se respeitam mais,tanto valores morais quanto educação são sinônimos de caretice ,o dinheiro  é passaporte de entrada qualquer lugar, o que pode se esperar que as crianças façam dentro da escola?Sejam anjos???Pratiquem o amor e o respeito mútuo?A escola que provoca essas situações?
Nossas escolas abrigam crianças semelhantes às pessoas com quem vivem. A escola deve recuperar a sua função como instituição de educação ,e não aceitar mais essa carga que a sociedade impõe ,que devemos prover todas as necessidades das crianças. A família deve exercer seu papel.

Cabe a escola segundo citações de Sacristán & Goméz (2000) :
A escola deve prover os indivíduos "não só, nem principalmente, de conhecimentos, idéias, habilidades e capacidades formais, mas também, de disposições, atitudes, interesses e pautas de comportamento". Assim,  tem como objetivo básico a socialização dos alunos para:
•    "prepará-los para sua incorporação no mundo do trabalho" (p. 14)  - indivíduos produtivos;
•    "que se incorporem à vida adulta e pública..." (p.15) - cidadãos.
1. Função reprodutora (socialização do indivíduo): "garantir a reprodução social e cultural como requisito para sobrevivência mesma da sociedade". (p. 14)
2. Função educativa 1 (que eu chamaria de compreensiva): "utilizar o conhecimento para compreender as origens das influências, seus mecanismos, intenções e conseqüências, e oferecer para debate público e aberto as características e efeitos para o indivíduo e a sociedade desse tipo de processo de reprodução"(p.22);
3. Função compensatória: "atenuar, em parte, os efeitos da desigualdade e preparar cada indivíduo para lutar e se defender nas melhores condições possíveis, no cenário social"(p. 24);
4. Função educativa 2 (que eu chamaria de transformadora): "provocar e facilitar a reconstrução de conhecimentos, atitudes e formas de conduta que os(as) alunos(as) assimilam direta e acriticamente  nas práticas sociais de sua vida anterior e paralela à escola"(p.25).

Sacristán, J. Gimeno & Goméz, A. I. Peréz . As funções sociais da escola: da reprodução à reconstrução crítica do conhecimento e da experiência.Compreender e transformar o ensino. Porto Alegre: ARTMED, 2000.


Tchauzinho

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Festa do dia dos professores

Foi boa  e teve até discurso do secretário da educação com as seguintes promessas para o ano que vem:
  • Contratar uma empresa que fique responsável por fazer cópias de atividades para os alunos.Cada aluno terá uma cota de 15 cópias.Nós reclamamos que temos que pagar do próprio bolso o material do aluno.Eu mesma comprei uma impressora e um note book para agilizar meu trabalho.
  • Troca dos quadros antigos nas escolas.
Vamos aguardar...
Mas eu queria era  aumento salarial.

Língua portuguesa

Mais uma aula de língua portuguesa,mas também abordando um pouco de ciências com o conteúdo dia e noite.



Língua portuguesa /ciências 

Iniciar a aula com a leitura coletiva e apontada no quadro do texto abaixo.

HÁ HORA PRA FAZER TUDO,
DIZEM,
E TUDO TEM SUA HORA.
MAS NINGUÉM FEZ NO RELÓGIO
A HORA DE NÃO TER HORA

Após várias leituras, principalmente com aqueles que ainda não sabem todas as famílias silábicas e as letras,  realizar a interpretação oral do texto.

  • Por que no texto está escrito que tem hora para tudo?
  •  Se não tivesse como seria o nosso dia?
  •  Qual importância do relógio?
  •  Se não tivéssemos relógio o que será que aconteceria?
Entrar em uma conversa que os alunos citem o dia e a noite. Relembrar como elas acontecem (aula já dada).
Solicitar que os alunos digam coisas que eles têm hora para fazer. Anotar no quadro enquanto falam. 

Registro no caderno da seguinte tarefa:

Eu faço de:
Manhã
Tarde
Noite

Deverá ser feito o desenho e tentativa de escrita.

Ficou uma aula bem legal.É claro que houve um certo tumulto quando tiveram que contar os seus horários,mas nada que não pudesse ser resolvido.Fiquei contente que até alguns alunos ,que a participação é praticamnete nula,deram sua contribuição.
Cada dia que percebo o desenvolvimento de cada aluno fico muito feliz,mas dá um nó na garganta,pois compreendo que logo não estarão mais comigo.Mais é assim todo ano.
Algumas fotos das atividades da aula.
Texto contando como foi o dia da criança

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Números e situação problema

Que calor está fazendo nessa tarde!As crianças estavam bem agitadas ,e foi dificil ensinar algo com tanto barulho e  andando o tempo todo. Amanhã não temos aulas,pois acontecerá o evento em comemoração ao dia do professor.Será em uma chácara no município de Balsa Nova.Uma viajenzinha de ônibus carregando os alguns apetrechos básicos como toalha,pratos,talheres(podem rir tá!).Temos que levar de verdade,não é brincadeira.Mas enfim ,espero  que seja agradável .
Lá vai mais uma aula .Eu estou dando umas aulas de  recuperação de conteúdo. Percebi na atividade diagnótica, que muitos não haviam compreendido bem situações problemas com ideias de adição e subtração.Utilizei algumas atividades do livro de matemática que eles têm na sala.O livro que a minha escola escolheu é o Pode contar comigo.Eu não uso muito ele, e não foi a minha opção.As letras não são em caixa alta e muitas crianças não conseguem ler.Tem atividades extensas que se tornam pouco atrativas. 
Tenho trauma de livros com atividades enormes.Odiava eles quando era criança,  a professora entregava o livro já me estragava o dia.Mas vamos a aula.



Matemática
Continuar com a recuperação de conteúdo com situação problema envolvendo idéia de subtração e adição. Entregar tampinhas para os alunos que ainda não consegue realizar operações abstratas. Solicitar que acompanhem a explicação observando a folha de atividade que será entrega para cada um.

Após a atividade fazer uma breve revisão dos números de 0 a 30 no quadro .Falo o número e os alunos transcreverão no quadro.

Ditado de números 

Entregarei uma tabela com números.Farei dois tipos devido à alguns alunos que não sabem os numerais acima de 10.Cada aluno deverá marcar com um x o número ditado .Os alunos que acertarem todos os números receberam um lápis como premiação.

1
14
3
23
30
9
28
13
16
1
10
3
4
5
9
2
7
6




 Vou fazer mais aulas com situações problemas assim e com númerais.

 Tchauzinho.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Língua portuguesa utilizando o tema relógio

Que cansaço!Eu sabia que a segunda iria ser puxada.Os alunos ficaram meio indignados por não terem aulas de educação física ,arte e literatura.Eu troquei o meu dia de permanência de segunda para sexta-feira,pois na sexta terei casamento e não poderei ir trabalhar.Estavam com uma carinha de sono que dava pena.
Até que enfim posso dar continuidade as aulas de outubro.Divirtam-se.


Língua portuguesa
Iniciar aula cantando a música de Bia Bedran - Coletânea De Musicas Infantis -O Relógio Da Vovó fazendo assim um reconto sobre as aulas anteriores.
Entregar a letra da música para realizar a análise linguística da música.

O RELÓGIO DA VOVÓ
TIC TAC 
LÁ NA SALA VIVE SÓ
TIC TAC 
 E TRABALHA TANTO ASSIM
TIC TAC 
 TÃO CANSADO QUE DÁ DÓ
TIC TAC 

Expor a letra da música em um cartaz no quadro para realização do reconhecimento:
Do espaço entre as palavras na primeira frase da música.
Número de palavras de cada linha.
Números de frases da música toda.
Maior palavra da frase número 5.
Letra inicial mais usada no texto.
Procura das palavras que tenham R e explicar o caso das duas(r inicial forte e  após o t dando som diferente a essa consoante).
Registrar essas atividades no caderno.
Realizar a atividade do gato atrás do rato-completando o percurso com as família silábica do r.



 
 Eu fiz o início do caminho junto com eles ,e no quadro, para compreenderem melhor atividade.
Alguns não conseguiram realizar sem auxílio.Deixei a família silábica no quadro para que pudessem fazer o teste de um por um.Somente assim, conseguiram completar as palavras.Demorou um pouquinho para finalizarem.O bacana que alguns perceberam que davam pra formar mais de uma palavra só mudando a sílaba.
Meus alunos tem caderno de leitura ,e quase todos os dias envio algum textinho para estudo.

Textinho para estudo(dei um tempo para o tema relógio):

 
O SAPO SE ENCONTROU COM O TATU E DISSE:
- COMPADRE, SABIA QUE VAI TER UMA FESTA NO CÉU E TODOS OS BICHOS SERÃO CONVIDADOS?
        E O SAPO ABRIU A BOCONA ENORME E RESPONDEU:
- OOOOOOOOBA!!!!
- É COMPADRE, MAS BICHO QUE TIVER A BOCA MUITO GRANDE NÃO ENTRA.
E O SAPO MAIS DO QUE DEPRESSA FECHOU A BOCONA, FEZ BIQUINHO E RESPONDEU:
-              COITADO DO JACARÉ!

Teve seis alunos que leram muito bem .Tive ajuda da minha colega Elisete que me ajudou com as leituras no dia seguinte.Aqueles alunos que apresentam muitas dificuldades,fiz a leitura apontando para a palavra . Depois escolhi palavras mais acessíveis, e com o lápis indiquei as sílabas que deveriam ser lidas.Os alunos que ainda não se apropriaram totalmente do alfabeto,perguntei as letras da palavra.

Mandem dúvidas,sugestões e críticas.







segunda-feira

Essa semana não vai ser fácil.Parece que nem dormi!Espero que meus alunos estejam com melhor disposição do que eu.Hoje vou dar continuidade a aula utilizando texto sobre o relógio.Já fizemos a leitura e interpretação oral.Vou postar toda aula  mais tarde ,pois agora tenho que trabalhar.Depois conto como foi a minha tarde.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Parabéns professores

Hoje  foi dia de festa!!!!!!Entretanto ,não pudemos parar de trabalhar, o futuro da nação depende de nós.Foram tantos os presentes que não coube dentro do carro. Foi tanta euforia  na hora dos parabéns, que deu até vertigem devido ao tumulto de pessoas.


Que bom se isso fosse verdade. Não ganhei tantos presentes e nem carro eu tenho.


Tivemos uma singela e carinhosa homenagem da equipe pedagógica da escola.Muito linda !Obrigada Jô,Any,Luci e outras que ajudaram a preparar tudo com tanto carinho.Queria muito ter tirado uma foto pra guardar de lembrança,mas meu noivo me deixou a câmera sem bateria.Fiquei muito emocionada quando duas mães vieram até a minha sala pra dar um abraço, e agradecer por ensinar os seus filhos.


Nunca tive uma visão romântica da minha profissão.O modo como  planejo e dou aula é fruto de estudo , leitura e orientação das minhas colegas de profissão.Não sei por quanto tempo irei ficar nessa área.Não digo que vou sair ou que vou lecionar para sempre.Mas faço tudo com muita dedicação.


Mas hoje foi um dia muito gostoso e especial.


Olha a só a piadinha que meu noivo mandou.




Havia certa vez um homem  navegando com seu  balão, por um  lugar desconhecido. Ele estava completamente  perdido, e  qual grande foi sua surpresa quando encontrou uma pessoa...  Ao reduzir um  pouco a altitude do balão, em uma distância de 10m  aproximadamente, ele gritou para a pessoa:




  - Hei, você aí!aonde eu estou?  E então a jovem  respondeu:
 - Você está num balão a  10 m de altura!
 Então o homem fez outra pergunta:
- Você é professora, não é?
  A moça respondeu:
- Sim...puxa! Como o senhor adivinhou?
 E o homem:
- É simples, Você me deu uma resposta tecnicamente  correta, mas que não me serve para nada...
 Então a professora  pergunta:
 - O senhor é secretário da educação, não é?
 E o homem:
- Sou...Como você  adivinhou???


  E a Professora:
- Simples: o senhor está completamente perdido, não sabe fazer nada e  ainda quer colocar a culpa no  professor.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Retorno à normalidade ,que não é tão normal assim...

Quer coisa pior que uma segunda-feira ?É uma quarta-feira com cara de segunda .O dia se arrastou,mas tá chegando ao  seu final.Vou parar de reclamar, afinal aproveitei bem o final ,começo de semana e o feriado.
Estou colocando algumas fotos dos relógios que meus alunos confeccionaram.Não esqueçam que eles estão no 1º ano.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Aula sobre medida de tempo para 1º ano

Durante o ano ,eu já havia dado umas pinceladas sobre o assunto juntamente com o contéudo de ciências ,mas agora realizei uma aula sobre o relógio mesmo .
 Aulas 06 e 07/10


Matemática/geografia

Trabalhando com a passagem de tempo e horário de sua rotina

Iniciar a aula apresentando a música de Bia Bedran - Coletânea De Músicas Infantis -O Relógio Da Vovó com o tema horas. No lugar de colocar a música no rádio, realizar uma atividade de canto iniciando com dicas de respiração correta, entonação de voz, pois muitos falam alto ou baixo demais, ritmo utilizando instrumentos da bandinha rítmica. Entregar a letra da música e realizar leitura apontada oral e coletiva. Realizar a leitura oral individual com alguns alunos mais adiantados.

O RELÓGIO DA VOVÓ
TIC TAC 
LÁ NA SALA VIVE SÓ
TIC TAC 
 E TRABALHA TANTO ASSIM
TIC TAC 
 TÃO CANSADO QUE DÁ DÓ
TIC TAC 

CONFECCIONANDO UM RELÓGIO       
Entregar uma folha com molde de um relógio para atividade de encontrar a hora solicitada. Realizar a pintura do relógio, recorte e colocação dos ponteiros.Ditar alguns horário e solicitar que os alunos marquem em seus relógios.Orientar individualmente, os alunos que apresentarem maiores dificuldades.
Logo após, a explicações dos ponteiros, maior minutos e menor horas, e preenchimento da atividade para fixação das funções dos ponteiros, entregar a folha com atividades de descobrir as horas marcadas. Enviar para casa a atividade tem hora para tudo. Os alunos deverão marcar os horários da sua rotina.  


Vou terminar essa aula hoje ,pois levou muito tempo para organizar as crianças, escolha e entrega dos instrumentos musicais .Foi bem tumultuado para ensinar como tocar.As crianças com chocalho só tocaram na parte do TIC TAC.Cantamos várias vezes até ficar satisfatória.Eu filmei pra mostrar para a turma.Nessa idade, eles adoram se ver.
Deu tempo da confecção do relógio , explicações dos ponteiros e ditar algumas horas.Mas ditei somente horas exatas,pois meus alunos ainda não tem maturidade pra compreensão dos ponteiros dos minutos.
Muitos conseguiram fazer a leitura da letra da música com perfeição.Fiquei bem contente.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Primeira Geração de Pais que obedecem os Fi lhos ?! ou não ?



Uns dois anos atrás, o meu noivo recebeu esse email da empresa em que trabalha.Ele achou muito interessante e me encaminhou.O mais bacana que  um Juiz de Direito Vara de Execuções Penais e da Infância e Juventude que alerta para a realidade da educação presente nas famílias.Leiam com atenção e revejam suas atitudes.Eu presencio pais assim todos os dias na escola em que trabalho.Apanham de seus filhos ,acham que é normal e  que dão boa educação.Abram os olhos e desempenhem a função de pais e  responsáveis .Não sejam meros espectadores que assistem  eventos de delinquência,falta de limites  e violência.


Somos as primeiras gerações de pais,
decididos  a  não repetir  com  os filhos,
os erros de  nossos progenitores ?



E com o esforço de abolir os abusos do passado,
somos os pais mais dedicados e compreensivos,
mas por outro lado,os mais bobos e inseguros que já houve na história.
O grave
 é  que estamos lidando com  crianças mais  'espertas',
ousadas, agressivas e poderosas do que nunca.
Parece que, em nossa tentativa de sermos os pais que queríamos ter,
passamos de um extremo ao outro
.

Assim, somos a última geração de filhos,
que  obedeceram  a  seus pais e
 a primeira  geração de pais, que obedecem a  seus filhos.

Os últimos que tivemos medo dos pais e os primeiros que temem  os filhos.

Os últimos que cresceram sob o mando dos pais
e os primeiros que vivem sob o jugo dos filhos.
E o que é pior,
os últimos que respeitamos nossos pais e os primeiros que aceitamos,
que nossos filhos nos faltem com o respeito.
À medida que o permissível,
 substituiu o autoritarismo,
os termos das relações familiares mudaram
de forma radical, para
 o  bem e  para o mal.
Com efeito, antes se consideravam bons pais,
 aqueles  cujos filhos se comportavam bem,
obedeciam  suas ordens  e os  tratavam com  o  devido  respeito.
E bons filhos, as crianças que eram formais e veneravam seus pais.

Mas, na medida em que as fronteiras hierárquicas
 entre nós e nossos filhos foram-se desvanecendo,
hoje, os bons pais são aqueles que conseguem que seus filhos os amem,
 ainda que poucos os respeitem.
E são os filhos quem,
agora,
 esperam respeito de seus pais,pretendendo de tal maneira,
que respeitem as suas idéias,
 seus  gostos, suas  preferências  e  sua forma de  agir e  viver.
E, além disso, os patrocinem  no que  necessitarem  para  tal fim.


Quer
 dizer; os  papéis  se  inverteram,e  agora  são os pais,
quem  tem  que agradar  a  seus  filhos
para ganhá-los e não o inverso, como no passado.


Isto explica o esforço que fazem hoje,
tantos pais e mães
para ser os melhores amigos e 'tudo dar' a seus filhos.
Dizem que os extremos se atraem.
Se o autoritarismo do passado,encheu os filhos de medo
de seus pais, a debilidade do presente,
os preenche de  medo e  menosprezo
 ao nos ver tão débeis e perdidos como eles.
Os filhos precisam perceber que, durante a infância,
estamos  à frente  de  suas vidas,
como
 líderes  capazes  de  sujeitá-los 
quando não  os  podemos conter e  de guiá-los,
enquanto não sabem para onde vão.
Se o autoritarismo suplanta,
o permissível sufoca.
Apenas uma atitude firme,
respeitosa,
lhes permitirá confiar em nossa idoneidade,  
Para   governar suas vidas
enquanto forem menores,
 porque vamos à frente,
liderando-os e não atrás,
os carregando e rendidos à sua vontade.

É assim que evitaremos que   as  novas gerações,
se  afoguem  no  descontrole e  tédio  

no  qual está afundando uma sociedade,
que parece ir à deriva, sem parâmetros nem destino.
Os
 limites  abrigam  o indivíduo.


Com
amor ilimitado  e  profundo  respeito.'




JOAMAR GOMES VIEIRA NUNES
Juiz de Direito
Vara de Execuções Penais e da Infância e Juventude -
Patos de Minas